Linux pega vírus?
SO | Bruno Figueiredo | 28/08/2017





Você já deve ter ouvido alguém dizer que sistemas operacionais baseados em Linux são muito mais seguros que o Windows. Algumas pessoas chegam, até mesmo, a afirmar que não existem vírus capazes de afetar sistemas Linux, mas, afinal de contas, existem vírus para Linux ou não?

Bom, para começar, precisamos deixar claro que um vírus, de maneira absurdamente genérica, nada mais é do que um programa de computador feito para causar algum tipo de dano a um sistema operacional, burlando seus mecanismos de segurança. Partindo desse princípio, o que impede alguém de criar um vírus para um sistema baseado em Linux? – NADA!

Apesar de possuir um Kernel bastante robusto, existem SIM vírus capazes de afetar sistemas Linux, porém, em quantidade muito inferior aos capazes de afetar o Windows. O motivo é bastante simples: existem muito mais usuários de Windows que de Linux no mundo.

Pense bem, caro leitor, se você fosse um “cracker”, interessado em roubar informações do maior número de pessoas possível, você começaria criando um vírus para Linux ou para Windows? Obviamente para Windows, certo?!

É exatamente o que acontece. Criminosos focam em desenvolver vírus capazes de afetar o Windows por considerarem que existe um número muito maior de vítimas em potencial, o que não elimina o risco de um vírus infectar sua máquina rodando Ubuntu, Debian, Red Hat ou qualquer outro sistema baseado em Linux.

Espero que tenha gostado! Compartilhe esse artigo no seu Facebook/Twitter/Google+. Assim você estará contribuindo com esse projeto e nos incentivando a mantê-lo.

Abraços e até a próxima!




Comentários